Ser mãe e estar em forma

O Verão já está em alta e com a temperatura a vontade de fazer exercício vai embora da mesma forma que o frio se foi.

Como combater isto? Há forma? Há uma maneira especial para conseguir ter aquela energia extra para conseguir treinar e esquecer o calor e a falta de vontade provocada por ele? Claro que há. É precisamente evitar que ela sequer cresça dentro de vós. O que quero dizer com isto, perguntam vocês. É apenas começarem a criar rotina e horários.

“Mal cheguem a casa, a primeira coisa a fazer é mudar a roupinha para aquela roupa desportiva”

Chegam do trabalho, o que apetece fazer de imediato é uma boa dose de sofá e televisão, mas não pode ser. A primeira coisa que fazem quando chegam a casa é nem sequer dar ao corpo o sabor do descanso (apesar de merecido), é mudar a roupinha para aquela roupa desportiva, agarrar no material que necessitam e aí vão vocês puxar por todo esse corpo que querem moldar.

“Ah e tal, mas eu quando chego do trabalho tenho os filhotes para cuidar”– E bem, primeiro temos os pequenotes, aquelas pestinhas que só por si nos fazem queimar calorias…e perder cabelos… tratamos deles, logicamente damos-lhes a atenção necessária e aí vamos nós, e claro que podemos sempre juntar as duas coisas, levar os miúdos de bicicleta enquanto corremos ao lado deles, “a necessidade faz o engenho”.

Umas das coisas mais lógicas e úteis a fazer é a pré-preparação de refeições, para toda a família, o que torna a vida mais facilitada a toda a gente, há sempre um dia ou outro em que o treino fica na gaveta, e é nesse dia que despachamos logo as refeições do dia seguinte, da mesma forma que algumas tarefas, há sempre uma ou outra que conseguimos adiantar.

“Não há desculpas, acreditem, não há um exercício que nós naturalmente no dia-a-dia não façamos”

Claro que vocês já estão a pensar “havias de ter as minhas pestinhas, o meu marido, o cão o gato e tudo o que tenho para fazer a ver se tinhas tempo”, não há desculpas acreditem, não há um exercício que nós naturalmente no dia-a-dia não façamos.

Eu treino em casa e em alguns dias tenho pouco tempo para poder fazer algumas coisas, então nada melhor do que tornar a nossa sessão de exercício físico, na resolução de tarefas domésticas. Ora vejam lá bem se ao levantar um cesto de roupa do chão não está ali um agachamento? Garrafões de água? Olhem vocês a fazer adeus sem abanar o braço todo.

Nem todas temos disponibilidade para ir ao ginásio, seja tempo, seja por motivos financeiros, mas garanto-vos, como usuária do treino estritamente caseiro, é possível. Não se entreguem ao descanso exagerado, pois verão que após o mais árduo desafio superado a alegria e bem-estar que vos invade vale por tudo.

Ser mãe e dona de casa não é um fardo, é um desafio diário e uma alegria, temos que pensar sempre em sermos mais e melhores, seja a nível físico seja como mães, e garanto-vos que até os vossos filhotes seguirão o vosso exemplo no futuro e acompanhar-vos na vossa luta diária.

Partilhar