Saiba que biquíni se adapta melhor ao seu corpo

A stylist e diretora da Fashion School, Raquel Guimarães, dá-lhe as dicas de que precisa para saber que modelos a ajudam tirar melhor partido das suas formas.

Com franjas, cores fortes e vibrantes ou só de uma alça. De ano para ano, há modelos de biquínis e fatos de banho que sobressaem nas montras (e na praia), mas dentro das tendências, há que ter em conta ao modelo mais indicado a cada corpo.

Quer tenha peito pequeno ou ancas largas, por exemplo, saiba que há biquínis capazes de a favorecer. Só tem de saber escolher. Para a ajudar, falamos com a stylist e diretora da Fashion School, Raquel Guimarães,

Acredite, com a quantidade de oferta que encontra em diversas lojas, não será difícil encontrar a peça que lhe agrada e que vai ao encontro das dicas da stylist:

Mulheres Plus size com pouco peito

O truque é optar por modelos de fato de banho que acrescentem volume ao peito, algo que consegue “através do uso de padrões com cores claros”, refere a stylist. Além disso, “o peito deve ficar elevado até à altura do meio do antebraço”, explica, “assim ajudarão a definir a cintura”.

Mulheres com peito pequeno

Para valorizar o peito, opte por modelos que acrescentem volume. Raquel Guiamarãoes sugere biquínis com padrões, plissados, folhos, riscas horizontais, franzidos, drapeados, tecidos com relevo e estruturados, estruturas com aro, cores claras e tecidos luminosos.

Mulheres com pouca anca

Para dar a sensação de ter a anca mais larga, aposte em cuecas mais decotadas ou tamanhos mini e com acessórios. “Tiras que apertem nos lados com laços, nós ou argolas”, são algumas das alternativas.

Mulheres volumosas com anca larga

Evitem cores fortes e fatos de banho lisos. Como explica Raquel Guimarães, “uma ilusão óptica que faz com que estas mulheres usem padrão e cores claras está relacionada com faixas mais escuras a ladear o peito e a anca”. A parte mais escura desaparece do nosso campo visual, encurtando o volume lateral. Evite também drapeados, folhos, plissados ou sobreposições de tecidos, pois dão a sensação de maior volume. No geral, os formatos geométricos angulosos e não arredondados são uma excelente opção, como um fato de banho com decote em V ou cueca de cintura subida.

Mulheres retangulares

São aqueles corpos sem cintura. Nestes casos, as mulheres devem evitar cuecas retangulares, pois têm o mesmo formato do corpo. Em vez disso, opte por cuecas recortadas a lazer, que conferem a ideia de arredondamento.

Mulheres Triângulo invertido

No caso de mulheres com algum peito e pouca anca, devem contrariar o triângulo do corpo e simular o efeito contrário. Para isso, Raquel Guimarães sugere um top que aperte no pescoço, tipo halter.

Quanto à parte de baixo, deve ser de cor clara e ter riscas horizontais, por exemplo, pois acrescentam volume. Ainda, evitem as hot pants (cuecas muito subidas, estilo anos 50), como explica a stylist, “tornam a cintura mais quadrada e não acrescentam volume. Numa cor escura, até o reduzem”.

Explicado os “Dos and Don’ts” para cada corpo, resta-lhe escolher o seu fato de banho para este verão.

Carregue na imagem e veja algumas sugestões.

Categorias
Moda
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço