Leite: o inimigo público n.º 1 dos desportistas

Se gosta de beber um copo de leite antes de ir treinar, saiba que está a cometer um erro gigantesco.

Gosta de beber leite? Acha que beber leite antes de ir treinar é uma boa prática? A nutricionista Lilian Barros tem uma resposta muito simples: não.

Por isso, pouse esse copinho de leite e saiba o que a autora do blogue Santa Melancia tem a dizer sobre este assunto. “O leite, mesmo sendo magro, apresenta um processo lento de digestão, absorção e assimilação”, explicar a nutricionista. Logo, para ser digerido, um enorme fluxo de sangue tem de ser mobilizado para o sistema digestivo.

As refeições pré-treino devem ser feitas com alimentos de fácil digestão.

Ou seja, quando começamos a treinar depois de termos bebido muito leite o sangue vai estar muito concentrado na ação digestiva e ao fazermos exercício precisamos que ele circule plenamente para, assim, se “ativarem os grupos musculares envolvidos na atividade praticada e para suplantar todas as necessidades metabólicas do treino, como, por exemplo, manter a temperatura corporal”, explica Lillian Barros.

Por isso, é “fundamental que a refeição pré treino seja ligeira e de fácil digestão, o que não acontece com o leite. “Se comermos muito antes dos treinos, e se escolhermos alimentos de digestão lenta arriscamo-nos a uma paragem de digestão, “náuseas, refluxo, quebra de tensão, desconforto gástrico e mal-estar geral”.

Categorias
Vida Saudável
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço