Kit de sobrevivência para o São João

Saiba quais os essenciais a ter na mala nesta noite de festa.

Já estamos no mês dos Santos populares. Depois de Lisboa, há arraiais a acontecer em vários pontos do Norte, desde Gaia ao centro do Porto, e é neste fim de semana que a grande festa acontece. Quer seja de cá ou esteja de passagem, muito provavelmente sabe que não pode faltar a estas festas típicas que caraterizam a cidade.

Para que aproveite estas noites ao máximo, ajudamos-lhe a decidir o que vestir neste São João.

Não há nenhum dresscode, mas há coisas que deve mesmo evitar (só não evite as marteladas nem o alho porro).

Ana Gomes, autora do blog A Melhor Amiga da Barbie, dá-nos alguns conselhos sobre o que usar e principalmente não usar nestas noites de festa. Comecemos pelos sapatos: leve uns botins, sabrinas ou sapatilhas. São a opção mais segura “já que nestes dias se anda bastante a pé ou se passa muito tempo a dançar”, por outro lado, evite sapatos brancos e sandálias, nenhum dos casos é pratico já que com as pisadelas os seus sapatos vão rapidamente mudar de cor e será bastante desconfortável sentir os pés pisados quando se está com sapatos abertos. Por último, e embora seja o mais obvio, não leve saltos altos. É o calçado menos prático de se usar nestes dias.

Quanto ao que vestir, as regras são bastante simples: o outfit tem de ser bastante confortável e adequado à temperatura destes dias. Garanta apenas que não leva tecidos delicados ou peças de valor. É muito provável que durante a noite aconteçam incidentes como manchas de bebidas ou outros que estraguem a roupa. Se falarmos de peças de grande valor ou de tecidos delicados, que sejam mais difíceis de limpar, ainda pior.

Mesmo que no meio da confusão esteja calor, leve um casaco de malha fino e/ou um echarpe, convém ter um agasalho caso tenha de ficar parada à espera de um táxi, por exemplo.

Agora que sabe o que não vestir, saiba o que levar na mala para que nada lhe estrague a noite:

  • Dinheiro vivo – é raro o sítio que aceita pagamentos com multibanco. Além disso, muitas vezes as caixas automáticas ficam sem cash, não deixe que isso lhe faça andar quilómetros à procura de uma caixa multibanco.
  • Toalhitas e lenços de papel – é algo comum na carteira de uma mulher, mas que ganha urgência nestes dias, graças à “sardinha na mão e escassez de casas de banho”, como refere Ana Gomes.
  • Powerbank/carregador de telemóvel portátil – não vai querer arriscar ficar sem bateria num ambiente cheio de multidão onde pode acontecer perder-se do seu grupo.

Além destes essenciais, a autora de A Melhor Amiga da Barbie deixa dois conselhos “combinem um ponto de encontro. Caso tudo falhe, é importante existir um sítio onde possam sempre voltar a encontrar as pessoas com quem estão”. Além disso, “tentem não pensar demasiado no cheiro a fumo e nos bocadinhos de cerveja ou sangria que nos vão entornando durante a noite. A confusão faz parte destas festas e a descontração é mesmo o melhor acessório que podemos utilizar!”

Categorias
Moda
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço