Recupere os jogos tradicionais e divirta-se com os mais pequenos!

Junte a família e ocupe o tempo livre com alguns dos jogos mais icónicos da sua infância. Conheça as nossas sugestões no artigo.

Quem é que não se lembra de passar horas e horas com os amigos a jogar às escondidas, a fazer o jogo da macaca ou de estar muito concentrado a tentar vencer no Mikado? Pois é, as nossas infâncias foram passadas à volta destes jogos tradicionais, que eram capazes de nos divertir e manter entretidos durante uma tarde inteira, mas que entretanto se foram perdendo.

Agora, que todas as famílias permanecem em casa e que há muito mais tempo, é uma boa altura para recuperar a tradição e ensinar todos estes famosos jogos aos mais pequenos. E o melhor de tudo é que não precisam de estar confinados a apenas uma divisão e podem percorrer a casa toda enquanto se divertem! Ora veja. 

Faça a Dança das Cadeiras no jardim

jogos tradicionaisFazia as delícias dos mais pequenos e era um dos pontos altos de qualquer festa de aniversário. Este é um dos jogos tradicionais ótimos para testar a capacidade de reação dos mais pequenos e para os pôr a fazer um pouco de exercício físico. E com milhões de músicas ao alcance de um clique no telemóvel, nem precisa de ir desencantar a velha aparelhagem aos arrumos.

Leve a família para o jardim de casa, junte as cadeiras necessárias, ponha a música a tocar… et voilà! É diversão garantida!

Reserve o pátio para o Jogo da Macaca

jogos tradicionais

Lembra-se do Jogo da Macaca? Não havia, provavelmente, nenhuma escola primária que não tivesse um no recreio e era a diversão em todos os intervalos. Recreá-lo no seu pátio de casa é muito fácil e só precisa de um pedaço de giz.

Desenhe oito ou nove quadrículas no chão, na disposição que quiser, e numere-as. Depois, atire uma pequena pedra, de forma a calhar numa das quadrículas, e faça todo o percurso, incluindo no sentido inverso, ao pé-coxinho. Lembre-se que não pode calcar o quadrado onde a pedra calhou e, ao voltar para trás, deve apanhá-la. Quem é que aí em casa terá o melhor equilíbrio para ganhar este jogo?

Corra a casa toda a jogar às Escondidas

jogos tradicionais

“Prontos ou não, aqui vou eu!” era das expressões que mais se ouvia nas brincadeiras de crianças e o jogo das Escondidas sempre foi um sucesso entre os mais pequenos. É uma excelente oportunidade para testarem a imaginação de todos aí em casa e perceber quem é que arranja os melhores esconderijos! Debaixo da cama, dentro do armário ou atrás da porta, todos os sítios da casa são válidos.

Ponha a destreza à prova no chão da sala com o Mikado

jogos tradicionais

Muito popular nos anos 80 e 90, o Mikado é um dos jogos tradicionais que nos fazia passar horas concentrados e deu azo a várias discussões sobre se o pauzinho do lado mexeu ou não quando era a vez do nosso adversário jogar. E não, o vencedor não é a pessoa que conseguir juntar mais pauzinhos. O jogo tem algumas regras, principalmente no que à pontuação diz respeito. O Mikado clássico é composto por 41 paus, divididos em cinco grupos:

  • Trabalhador: 15 pauzinhos com três riscas (vermelha, amarela e azul), cada um vale dois pontos;
  • Bonzo: 15 pauzinhos com duas riscas (vermelha e azul), cada um vale três pontos;
  • Mandarim: cinco pauzinhos com duas riscas azuis e uma vermelha, cada um vale cinco pontos;
  • Samurai: cinco pauzinhos com três riscas vermelhas e duas azuis, cada um vale 10 pontos;
  • Mikado: um pauzinho com entrelaçado azul, vale 20 pontos;

Se não tiver o jogo tradicional, pode sempre criar o seu. Só precisa de alguns paus para espetadas e tinta. Pinte com a mesma cor o mesmo número de pauzinhos correspondente à versão tradicional. Por exemplo, 15 verdes, 15 amarelos, cinco cor-de-laranja e por aí fora e tem o seu próprio Mikado caseiro! Depois é só juntar as crianças no chão da sala e descobrir quem é que tem mais destreza para o jogo.

“Vá à pesca” na varanda com o jogo do Peixinho

jogos tradicionais

Os jogos de cartas são sempre um bom entretenimento e o melhor para jogar com os mais pequenos é o Peixinho: é fácil e os miúdos divertem-se à brava! Para além disso, é uma excelente forma para exercitarem o cérebro e melhorarem as capacidades de concentração e memória.

Assim, vá buscar o baralho, aproveite os dias de sol que estão a chegar e junte a família na varanda para “pescarem” alguns peixinhos.

Use a mesa da cozinha para jogar Dominó

jogos tradicionais

Se achava que o Dominó estava reservado para os mais velhos, desengane-se! Este é um dos jogos tradicionais mais conhecidos e é ótimo para passar tempo em família. Mas o melhor de tudo é que ajuda os mais pequenos daí de casa a treinarem os números enquanto se divertem.

Aconselhamo-lo a deixar a mesa totalmente livre de objetos, já que, de certeza absoluta, no fim todos quererão fazer um percurso com as peças do Dominó para as derrubar!

Categorias
Família
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço