Energia: como interpretar a eficiência energética nos equipamentos

Em cada casa mora, pelo menos, três equipamentos energéticos. Falamos das televisões, máquinas de lavar roupa, frigoríficos, forno… Cada um desses produtos contém uma etiqueta de eficiência energética que demonstra qual a eficiência desse produto. Mas será que a sabemos interpretar corretamente?

Comecemos pelo significado. Segundo a Worten, “a eficiência energética é a relação entre o consumo que determinado equipamento faz de energia para cumprir o objetivo a que se propõe. Nos dias de hoje, os fabricantes implementam várias tecnologias nos seus produtos para assegurar que eles gastam o mínimo de energia possível, potenciando assim poupanças na fatura mensal de eletricidade”, pode ler-se aqui, no site da marca.

Para sabermos se estamos a comprar um produto amigo da energia, então temos de aprender a ler corretamente a etiqueta energética que o mesmo possui. Vamos a isso?

eficiência energética

1 – Nome do fornecedor ou marca e identificação do modelo;

2 – Classe energética;

3 – Classe de eficiência energética: esta escala de eficiência energética mostra através de setas coloridas os produtos mais eficientes dos menos eficientes. No fundo, representa a relação entre a energia gasta e o desempenho do equipamento. Assim, a letra A refere-se ao melhor desempenho que pode aumentar de nível através dos “+”.

4 – Consumo: neste canto será feita uma estimativa do consumo anual de energia, por norma representado em kWh.

5 – Informações adicionais: aqui vai encontrar informações relativas ao desempenho do produto, como o ruído, a capacidade…

Agora que já sabe todos os segredos da etiqueta energética, lembre-se que na hora de comprar um produto, a classe energética deve ter um peso importante na decisão. A carteira e sobretudo o planeta Terra agradecem.

Categorias
Sustentabilidade
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço