Cinema: estreias da semana

“Milagre no Rio Hudson” está em grande destaque. O novo filme de Clint Eastwood, é baseado em factos verídicos e conta com Tom Hanks no papel principal.

A 15 de janeiro de 2009, o mundo viu um “Milagre no Rio Hudson” quando o capitão Sully Sullenberger aterrou o seu avião naquela água gelada. O feito foi captado pelas câmaras de segurança e transmitido em todas as televisões e na internet. Agora, Clint Eastwood traz o drama biográfico ao cinema e com um foco sobre o que acontece após o incidente.

Larry Clark também regressa com um novo filme e que não foge ao registo a que já nos tem habituado – “juventude, sexo, drogas e rock’n’roll”.

E “One More Time With Feeling”, o documentário que mostra todo o processo de produção de “Skeleton Tree”, terá uma transmissão em direto única nos cinemas. Esta será uma espécie de primeira oportunidade para ouvir o novo disco de Nick Cave & the Bad Seeds – um trabalho com um cenário de inspiração trágica. É o primeiro trabalho do músico britânico após a morte do seu filho, que caiu de um penhasco em Brighton, onde a família vive.

Há ainda um filme de animação, não para as crianças, mas para toda a gente – “Kubo e as Duas Cordas”. É um épico de aventura que decorre num Japão de fantasia, produzido sob a chancela do estúdio LAIKA.

Veja aqui quais são todas as estreias da semana no cinema.

“Milagre no Rio Hudson” 

Com o selo de qualidade de Clint Eastwood, “Milagre no Rio Hudson” conta a história verídica do voo pilotado por Sully Sullenberger (Tom Hanks), que fez deslizar o avião com os dois motores danificados pelas águas frias do rio Hudson, para evitar a queda. A medida salvou 155 pessoas, que foram de imediato socorridas pelas embarcações locais. Embora, o Capitão “Sully” tenha sido considerado um herói nacional, uma investigação começa a assombrar o feito e a carreira do piloto.

O elenco conta ainda com Aaron Eckhart (“Assalto à Casa Branca”, “O Cavaleiro das Trevas”), Jeff Skiles, e a nomeada para Óscar, Laura Linney (“Os Savages”, “Relatório Kinsey,” a série “The Big C”) e Lorrie Sullenberger. Eastwood dirigiu o filme a partir do argumento de Todd Komarnicki, baseado no romance Highest Duty, escrito por Sullenberger e Jeffrey Zaslow.

“Kubo e as Duas Cordas” 

Kubo é uma criança que conta histórias fantásticas às pessoas e cuida da mãe, mas é mais do que isso. É filho do maior samurai que o mundo alguma vez conheceu, embora o seu pai já tenha morrido. Leva uma vida pacata até que convoca acidentalmente um espírito do seu passado que vem cumprir uma antiga vingança. Kubo deve agora encontrar uma armadura mágica que o seu pai usava, para conseguir derrotar o espírito maléfico.

É um filme de animação norte-americano com uma história ao estilo manga japonês, realizado por Travis Knight. A produção foi filmada em stop-motion e é dos estúdios da LAIKA. As vozes da versão original contam com Charlize Theron, Art Parkinson e Matthew McConaughey e, na versão portuguesa, com Francisco Magalhães Ferreira, Vera Kolodzig, Paulo Pires, Jani Zhao, João Ricardo, Simone De Oliveira, José Neto, António Melo e Filipa Mello.

“Bastille Day – Missão Antiterrorista” 

Um ladrão norte-americano que vive em Paris vê-se perseguido pela CIA e acusado de terrorismo, quando rouba um saco que contém uma bomba. Acaba por se juntar ao agente que o persegue para o ajudar a desvendar o caso de corrupção que envolve o Ministério do Interior francês e provar a sua inocência.

A ação do filme acontece no dia da “Bastille” (feriado nacional em França a 14 de julho) e conta com o britânico Idris Elba (“The Wire” e do último “Star Trek”), Richard Madden (“A Guerra dos Tronos”) e com Kelly Reilly. A realização é de James Watkins.

“Nem Respires” 

“Nem Respires” torce de forma inteligente a história que começa com três ladrões e uma vítima. É um thriller intenso com a realização do uruguaio Fede Alvarez, onde a presa se torna no predador. A vítima é um velho e abastado cego que vive só numa mansão, após ter perdido a sua filha num acidente. Mas, este homem aparentemente indefeso goza de habilidades que superam o seu estatuto de veterano de guerra. O trio terá de conseguir escapar de uma casa com janelas emparedadas, portas encerradas e cadeados. A respiração ofegante é uma constante ao longo deste filme que conta com Ane Levy, Dylan Minnette, Daniel Zovatto e Stephen Lang nos principais papéis.

“The Smell of Us – O Cheiro de Nós” 

Esta podia ser uma espécie de “Kids – Part II” de Larry Clark, ou seja, a premissa de base é a mesma do mítico filme dos anos 1990 deste realizador norte-americano, mas em versão francesa. Em “The Smell of Us – O Cheiro de Nós”, há jovens em atos de violência, uso de drogas e práticas sexuais, com um olhar que cerca a prostituição e a pedofilia. O argumento é coescrito por Clark e Mathieu Landais, ou Scribe, um jovem poeta francês.

A história gira em torno de seis amigos autodestrutivos que se encontram todos os dias no Dôme, atrás do Palais de Tokyo, em Paris. Toda a gente parece desejar Math (Lukas Ionesco), sejam estes novos, velhos, rapazes ou raparigas. Este prostitui-se e a maioria da sua clientela é masculina e velha. Atos sem moral e sem pudor. Toff (Terin Maxime) segue todos estes momentos com a sua câmara.

O elenco conta ainda com Diane Rouxel, Elizabeth Mazev, Anne Suarez, Christophe Meynet e Catherine Salée.

“One More Time With Feeling” 

“One More Time With Feeling” é o documentário que mostra todo o processo de produção de “Skeleton Tree” – o 16º álbum de Nick Cave & the Bad Seeds. O filme é exibido nos cinemas imediatamente antes do lançamento do novo disco – que é apresentado no dia seguinte – e será uma oportunidade única para assistir às filmagens em estúdio da gravação. O cenário conta com uma inspiração trágica, que se reflete nos temas.

Contém ainda entrevistas e filmagens, acompanhadas pela narração de Nick Cave. É um filme a Preto-e-branco e Cor, em 2D e 3D, com o selo de realização de Andrew Dominik. As gravações começaram no final de 2014, nos Retreat Studios, em Brighton, e seguiram em La Frette Studios, em França, no outono de 2015. O álbum foi depois masterizado em Londres, no início deste ano.

Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço