Cinema: estreias da semana

Tim Burton regressa às salas de cinema com “Alice do Outro Lado do Espelho” e Russell Crowe e Ryan Gosling fazem uma dupla inverosímil em “Bons Rapazes”.

O universo de Tim Burton e Lewis Caroll voltam a encontrar-se no filme da Disney “Alice Do Outro Lado do Espelho”, mas desta vez Burton assume o papel de produtor executivo. O filme é realizado por James Bobin (“Os Marretas”, “Da Ali G Show”). A maior parte da equipa e do elenco do primeiro filme mantêm-se nesta sequela, tal como a argumentista Linda Woolverton, os produtores Joe Roth, Jennifer Todd e Suzanne Todd, figurinista Colleen Atwood e o compositor Danny Elfman. Johnny Depp e Mia Wasikowska retornaram às suas funções e Sacha Baron Cohen juntou-se ao elenco.

Em “Bons Rapazes”, com a realização de Shane Black, temos de um lado o detetive Jackson Healy (Russell Crowe), que está habituado a resolver assuntos à força e, do outro, Holland March (Ryan Gosling), outro detetive, mas mais pacato com quem terá de contar. A investigação remete-os para uma conspiração que atinge altos círculos do poder.

Veja aqui quais as estreias da semana e as sessões:

Alice do Outro Lado do Espelho

Após a adaptação de 2010 de Tim Burton, Alice (Mia Wasikowska) regressa ao País das Maravilhas, onde viaja no tempo, como um Chronosphere – um globo metálico que está no interior da câmara do Grande Relógio e que alimenta o tempo –, para salvar o seu amigo, o Chapeleiro Louco. Na sequela, Alice passou os últimos anos a seguir os passos do seu pai e a navegar em alto-mar. Após o seu regressar a Londres de uma viagem na Ásia, depara-se com uma decisão difícil que pode determinar o que irá fazer para o resto de sua vida.

O elenco reúne Johnny Depp, Anne Hathaway, Mia Wasikowska, Helena Bonham Carter e Sacha Baron Cohen ao lado das vozes de Alan Rickman (o Lagarto), Stephen Fry (o Gato de Cheshire), Michael Sheen (o Coelho Branco) e Timothy Spall. Esta foi a última interpretação do ator britânico Alan Rickman.

Bons Rapazes

“Bons Rapazes” expede uma comédia de ação num universo de rufias dos anos 70. O azarado e pouco competente detetive particular Holland March (Ryan Gosling) é obrigado a trabalhar com Jackson Healy (Russel Crowe) para resolver caso de Amélia, uma rapariga desaparecida e a morte de uma estrela de filmes pornográficos. Com personalidade e estilos diferentes, os detetives têm de aprender a trabalhar juntos.

O filme conta no elenco com Russell Crowe, Ryan Gosling, Kim Bassinger, Matt Bomer, Angourie Rice e Keith David.

O Amor é uma Coisa Estranha

Na sequência da aprovação da lei que permite o casamento entre homossexuais, depois de mais de 30 anos juntos, Ben e George decidem casar-se, mas as autoridades eclesiásticas não aprovam e despedem Ben, que é professor de coro num colégio católico. Sem condições financeiras, o casal enceta uma luta pela sobrevivência, onde conta com a bondade de amigos e familiares. “O Amor é uma Coisa Estranha” é, acima de tudo, um filme sobre amor multigeracional e os tabus da igreja católica.

O filme conta com John Lithgow, Alfred Molina, Marisa Tomei e Tatyana Zbirovskaya e estreou no Festival de Cinema de Sundance, nos EUA, em 2014.

Aluga-se Família

“Aluga-se Família” é uma comédia realizada por Jean-pierre Améris, que conta com Benoît Poelvoorde e Virginie Efira no elenco.

Casa luxuosa, carro topo de gama e dinheiro. A Paul-André, um quarentão rico e solitário, não lhe faltava nada, até perceber que o que ele precisa é de uma família. Ao saber dos problemas de Violette, uma mulher ativa que está a criar dois filhos sozinha e se encontra à beira da falência, Paul- André ofereceu-lhe para saldar as suas dívidas em troca de fazer parte da sua vida familiar. Afinal, se o dinheiro pode comprar tudo, por que não uma família? Este é um filme cuja ingénua sensibilidade leva ao riso e o mérito é de Poelvoorde.

Uma Nova Amiga

“Uma nova Amiga” é o mais recente filme de François Ozon, que conta com Romain Duris, e Anaïs Demoustier nos principais papéis.

Claire desenvolve uma profunda depressão após a morte da sua melhor amiga, mas descobre que David, o marido da amiga por quem está secretamente apaixonada, sofre de um distúrbio de personalidade. O melodrama francês adaptado a partir da obra de Ruth Rendell (1985) recai sobre uma busca de identidade e o direito de existir.

Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço