Cinema: estreias da semana

Pete é um órfão que tem por único amigo o Elliot… um dragão, em “A Lenda do dragão” e em “Viver depois de ti”, Emilia Clarke dá vida a uma excêntrica rapariga que quer mudar a vida de um jovem amargurado.

Entre as estreias da semana encontra-se “A Lenda do Dragão”, o novo filme da Disney em imagem real, que conta a aventura de um órfão chamado Pete e do seu melhor amigo Elliot, um dragão peludo. A obra deriva do clássico da Disney, “Meu Amigo o Dragão” (1977), transformada agora numa produção direcionada a toda a família, mas que fará especialmente a alegria dos mais pequenos.

O filme “Águas Perigosas”, que tem como protagonista a atriz Blake Lively, é outra das novidades. A atriz debate-se em águas paradisíacas contra um tubarão branco, onde exibe um corpo fantástico oito meses depois de dar à luz.

“Viver Depois de Ti” é baseado no best-seller homónimo de Jojo Moyes (2012) e explora as razões da eutanásia, mesmo quando o amor pode ser um motivo suficiente para querer viver. No filme, Louisa, personagem interpretada por Emilia Clarke, apaixona-se por Will (Sam Claflin), que dois anos antes de a conhecer ficara tetraplégico na consequência de um acidente.

Conheça aqui as estreias da semana:

“A lenda do Dragão” 

No filme de David Lowery, o Sr. Meacham (Robert Redford) é um velho carpinteiro que sempre fascinou as crianças locais com as suas histórias sobre o dragão que vive no interior da floresta, exceto a sua filha Grace (Bryce Dallas Howard), para quem não passam de contos de fadas. Um dia, Grace, que agora trabalha como guarda-florestal, conhece Pete (Oakes Fegley), um rapaz misterioso, sem família nem casa e que afirma viver na floresta com um dragão gigante chamado Elliott. Grace faz tudo para descobrir a verdade sobre Pete e o dragão.

“Viver Depois de Ti” 

`Lou´ Clark (Emilia Clarke) é uma jovem excêntrica e criativa que vive numa pequena vila, em Inglaterra. Fica desempregada e decide aceitar o emprego de assistente domiciliária numa mansão, para poder ajudar a sua família a pagar as contas. Lou tem de fazer companhia a Will Traynor (Sam Claflin), um jovem abastado e amargurado que está numa cadeira de rodas após um atropelamento ocorrido há dois anos. A visão alegre de Lou contrapõe-se com a amargura de Will e esta decide mostrar-lhe que a vida merece ser vivida. A realização é de Thea Sharrock.

“Águas perigosas” 

Nancy (Blake Lively) é uma estudante de medicina que vai surfar numa praia paradisíaca e isolada para onde a sua mãe costumava ir quando era jovem, como forma de atenuar o luto da sua morte. A praia é aparentemente segura, quando de súbito é atacada por um tubarão branco. Fica presa num rochedo a curta distância da costa, está ferida e a maré vai subir… É uma história sobre sobrevivência. O filme é de Jaume Collet-Serra.

“Nerve” 

Vee, uma tímida estudante do ensino secundário (Emma Roberts), entra numa comunidade online e vicia-se no jogo de verdade ou consequência “Nerve – Are you a Watcher or a Player?”. Cada vez mais envolvida no jogo, percebe que todos os seus passos começam a ser manipulados por uma sociedade anónima de `observadores´. O filme é realizado por Henry Joost e Ariel Schulman é baseado no livro “Nerve”, de Jeanne Ryan e conta ainda com Dave Franco, Emily Meade, Miles Heizer, Kimiko Glenn, Marc John Jefferies, Machine Gun Kelly, entre outros.

“Mas que Família é esta?”

Bastien (Teïlo Azaïs), 13 anos, está no centro de uma família reorganizada: seis meios-irmãos e irmãs, quatro pais, quatro mães e outras tantas casas, entre as quais, as crianças têm de rodar. Os seus afazeres familiares são mais complicados do que os do colégio. Um dia farta-se e decide que os miúdos vão viver num só local e vão ser os adultos a fazerem as rotações! Realizado por Gabriel Julien-Laferrière, o filme conta com Julie Gayet, Thierry Neuvic, e Julie Depardieu.

“Quo Vado ou Já Foste?”

“Quo Vado ou Já Foste?” é uma comédia italiana, com o selo de Gennaro Nunziante, que conta a vida de Checco, um homem na casa dos trinta que conseguiu manter a vida confortável que sempre quis – continuar a viver com os pais e trabalhar na função pública. Um dia, uma reforma chega à Administração Pública e o seu posto é extinto. Terá de sair da sua zona de conforto e enfrentar algumas aventuras.

Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço