Amourette: a história da lingerie de todas as mulheres

A lingerie é a segunda pele da mulher. E a Triumph sabe disso. Neste artigo, contamos-lhe a história de um dos modelos mais icónicos da marca alemã.

Recuamos até 1886. Estamos na fábrica de Johann Gottfried Spiesshofer e do comerciante Michael Braun. Nessa altura, a moda era muito marcada pelo alongamento da silhueta feminina: os vestidos eram justos ao corpo, das costelas à zona das ancas, pedindo peças como os corpetes, com o objetivo de criarem uma figura mais fina e adelgaçada.

119_Zuschneiderei

 

Passados 68 anos desde essa data, nascia o modelo mais icónico da marca alemã: Amourette. Foi em parceria com a casa de alta-costura Maggy Rouff, em Paris, que este soutien rapidamente se tornou conhecido.

Contudo, foi o modelo Amourette 300, completamente rendado, que se tornou um sucesso mundial. Naomi Campbell deu a cara na campanha promocional do soutien feito “Para o Corpo. Para os Sentidos”.

 

1999 Amourette.003-1

Em 2013, o modelo Amourette 300 foi seguido pelo Amourette Spotlight e depois pelo Amourette Charm, em 2017. Com a introdução da tecnologia inovadora Magic Wire, a família Amourette provou mais uma vez que é feita para todas as mulheres, proporcionando um conforto extra, flexibilidade e um suporte inquestionável.

Voltamos a 2018. E está na altura de redescobrir a icónica série Amourette e dar as boas-vindas ao outono, e ansiar pelo inverno com a lingerie perfeita.

Categorias
Moda
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço