5 passos para preparar o guarda-roupa para a primavera

Se há altura perfeita para organizar o nosso guarda-roupa, é na mudança da estação mais fria para a mais quente. Siga os nossos cinco passos para renovar o seu!

Os primeiros raios de sol deram o ar da sua graça e já não há roupa gira de inverno que nos convença a ficar no guarda-roupa. Chegou a hora de trocar os blusões e as camisolas pesadas, pelos vestidos fluídos e pelos tops garridos que há muito esperam por sair das caixas.

Esta transição pode ser a desculpa perfeita para limpar e organizar o seu guarda-roupa a fundo. Se não sabe por onde começar, siga os nossos cinco passos para uma renovação com sucesso.

Nota: tire uma fotografia ao seu armário antes de começar. No final dos próximos passos, explicamos-lhe porquê.

1. Retire tudo do armário e das caixas

O primeiro passo é tirar tudo para fora. Retire a roupa de inverno do guarda-roupa e a de verão das caixas. Espalhe tudo em cima da cama e comece por separar as peças em dois grupos:

  • As que não usa ou não servem: aquele vestido que não usa há mais de dois anos, a camisola que está apertada, mas que gosta demasiado para se separar dela, entram neste grupo! Seja forte e pratique o desapego!
  • As que estão velhas e gastas: aqui entram os pijamas que perderam o elástico, meias gastas quase rotas e camisas amareladas, por exemplo.

O primeiro grupo é merecedor de uma segunda vida. Ofereça a familiares ou amigos, faça uma venda online ou, melhor, faça uma doação. As que não têm mais utilidade, coloque na reciclagem.

 

2. Limpe a fundo

Faça uma limpeza a fundo no guarda-roupa, prateleiras, gavetas e todas as divisões onde coloca roupa. Se não tem nenhum produto próprio em casa, basta água com sabão. Depois, pode perfumar um pouco. O pó e a humidade vão dar lugar a frescura e um cheirinho agradável.

 

3. Organize cada peça

A roupa de inverno que decidiu guardar deve ser dobrada e guardada em caixas próprias para arrumo. Agora, com o guarda-roupa vazio e limpo, é altura de organizar de forma prática a roupa para a nova estação. Antes de começar a fazê-lo, pense em como quer dividir ou categorizar as peças. Pode preferir separar a roupa para sair, da roupa para usar em casa, por exemplo. O ideal é que as peças que irá usar mais vezes nos próximos tempos, estejam à mão de semear.

Para uma melhor organização, pode usar caixas nas prateleiras e colmeias ou divisórias à medida nas gavetas para guardar roupa interior, biquinis, peças do ginásio, t-shirts, pijamas ou até acessórios.

A parte da dobragem também é fundamental. Para além de tornar mais fácil o momento da escolha da roupa que irá vestir naquele dia, também dá um aspeto limpo e organizado ao seu guarda-roupa. Se precisa de inspiração – e até método – para o fazer, ninguém melhor do que a famosa Marie Kondo. Deixámos-lhe um vídeo que mostra como dobrar alguns básicos.


 

4. Faça uma lista

À medida que for arrumando e organizando o guarda-roupa, faça uma lista do que lhe falta para esta nova estação e a quantidade. Por exemplo, se ao dobrar as t-shirts reparar que não tem as suficientes para o seu dia-a-dia, aponte quantas pode e gostaria de comprar. Seja consciente e metódica. Esta lista fará com que evite não só comprar peças a mais do que realmente precisa e vai usar, como também de acumular roupa sem necessidade.

Quando decidir comprar as peças que lhe fazem falta, tenha a sua lista por perto para não perder o foco!

 

5. Seja cuidadosa no futuro

O objetivo de ter um guarda-roupa organizado é que ele se mantenha assim ao longo da estação. Para isso, é preciso que tenha em atenção a estes seguintes pontos:

  • Depois da roupa dobrada e passada a ferro, não a pouse à sorte no armário. Mantenha o método: dobre e organize como fez no começo. Na nossa rotina do dia-a-dia nem sempre temos tempo para isso. É preferível apenas guardar quando tiver esse tempo;
  • Utilize ambientadores próprios para roupeiros para que este nunca perca o cheirinho agradável;
  • É importante usar desumidificadores que absorvam a humidade do seu guarda-roupa. Para além de evitar estragar a roupa, também evita danificar o material do seu armário.
  • Não guarde roupa pelo valor sentimental. Se uma determinada peça se rasgou, perdeu a elasticidade ou manchou na lavagem e não tem solução, não a guarde apenas por gostar dela. O provável é que não a volte a vestir e só irá ocupar espaço no seu roupeiro.

 

Com o guarda-roupa limpo, renovado e bem organizado, tire uma fotografia. Compare o antes e depois. Essas duas fotografias podem não só inspirá-la a manter o guarda-roupa assim, como a inspirar familiares e amigas a fazer o mesmo! Até podem trocar peças que não usam muito entre todas e dar novas vidas!

Categorias
Casa
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço